Destaque »

Araxaense é destaque no Mundial de Corrida de Sky Running na Itália

20 de setembro de 2019 – 17:25 |

Como o JORNAL  INTERAÇÃO já havia informado em primeira mão, no início deste ano,  o jovem atleta araxaense,  Guilherme Bernardo Gonçalves da Silva,  de  16 anos e estudante do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Saúde

Pro-Hosp terá investimentos de R$ 485 milhões em 2013

Criado há oito anos, o Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais do SUS-MG (Pro-Hosp) tem como objetivo oferecer um reforço financeiro a um conjunto de hospitais públicos, que sejam considerados socialmente necessários ao Estado. Com isso, pretende-se melhorar a qualidade dos serviços e promover a regionalização da saúde e oferecer assistência hospitalar em locais onde a população não possui todo o aparato da capital mineira.

Uma das estratégias do programa é garantir incentivos financeiros extras, fortalecendo a rede hospitalar de Minas. Porém, para que os hospitais consigam esse incentivo é necessário que os resultados nas áreas materno-infantil e de urgência e emergência alcancem os patamares exigidos pelo Governo de Minas.

Implantado pela Superintendência de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Pro-Hosp fortalece a política estadual de regionalização da saúde, investindo nas 75 microrregiões e 13 macrorregiões sanitárias do Estado, aumentando a oferta e a qualidade dos serviços hospitalares e somando benefícios para toda a população.

Entre os anos de 2003 e 2012, foram repassados cerca de R$ 820 milhões a 132 hospitais da Rede Pro-Hosp. Esse recurso busca assegurar atendimento hospitalar de qualidade aos usuários do SUS o mais próximo possível de onde moram. O dinheiro é usado para a melhoria da infraestrutura de hospitais, implantação de novos serviços, compra de equipamentos de alta tecnologia e melhoria da gestão.

Neste ano, foi entregue o Hospital Regional de Uberlândia, obra com investimentos de cerca de R$ 20 milhões do tesouro estadual. O coordenador do Pro-Hosp, Tiago Lucas, explica que a expansão da rede de estabelecimentos se deu por meio da inclusão de hospitais que exercem papel regional e inter-regional relevante para o Sistema Único de Saúde (SUS), “por sua participação imprescindível na resolubilidade de clínicas de especialidades estratégicas, tais como cirurgia neurológica, cirurgia e tratamento em oncologia, cirurgia ortopédica e cirurgia cardiovascular”, explicou.

Perspectivas para 2013

Em coletiva realizada neste mês, o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, anunciou que em 2013 será feito um investimento de mais de R$ 485 milhões na política hospitalar e nas obras dos hospitais macrorregionais de Juiz de Fora, Divinópolis, Sete Lagoas e Uberaba, e terá início a implantação de seis novos hospitais em Além Paraíba, Nanuque, Novo Cruzeiro, Governador Valadares, Teófilo Otoni e Belo Horizonte.