Destaque »

Começou o Fliaraxá 2017: Até domingo Araxá respira arte, cultura e conhecimento

17 de novembro de 2017 – 21:43 |

O Ministério da Cultura e o Circuito CBMM de Cultura estão apresentando  a sexta edição do Fliaraxá – Festival Literário de Araxá, que teve início na última quarta-feira, dia 15 de novembro de 2017 e …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Cultura

Araxá no topo da cultura

Cidade vem recebendo muitos eventos importantes apoiados pelo Ministério da Cultura (Lei Rouanet) do governo federal.

Em 2012, a cidade de Araxá recebeu muitos eventos importantes apoiados pelo Ministério da Cultura (Minc) – Lei de Incentivo a Cultura (Lei Rouanet) do governo federal. Esta lei destina a incentivar a produção artística no Brasil, e por meio dela, pessoas físicas ou jurídicas podem dar recursos financeiros para a implementação de projetos culturais aprovados pelo Ministério da Cultura.

Segundo o site do Minc, www.cultura.gov.br, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) é a empresa de Araxá que mais captou recursos, configurando em 10° lugar em investimentos via Lei Rouanet até este mês.

Dados do Minc mostram que a CBMM apoiou a realização dos seguintes eventos: Festival Beleza Sustentável, Festival Dançaraxá, Vidança, 22° Encontro Sesi de Artes Cênicas, 2° Triciclo Espetáculos, Dia das Mães da Acia, Festival de Artes Cênicas Infanto-juvenil de Araxá, Semana Santa Araxá 2012 [Encenação de Cristo], Programação Cultural do V Festival Internacional de Cultura e Gastronomia, 1° Araxá Cine Festival, Circuito Cultural Vivace e Espaço Cultural Souza Lima, Expansão Battuxá 1ª ação Vizinhança, programação aberta do IV Congresso Federaminas e Fest Natal Araxá, fora eventos que ocorreram em outros municípios mineiros. A lista completa com os valores de cada evento apoiado pode ser consultada no www.cultura.gov.br acessando o link Acompanhamento de Projetos.

Sônia Passos, gestora da S&S Projetos, empresa especializada em elaboração e gestão de projetos sociais, culturais e esportivos e pós-graduada em marketing pela Università di Comunicazione – Milano/Itália, foi uma das araxaenses que elaborou, ao longo de 2012, iniciativas aprovadas pela Lei Rouanet e apresentou de que maneira um projeto é feito para envio ao Ministério da Cultura.

“Qualquer pessoa que seja física ou jurídica, desde que ela esteja com sua documentação fiscal em dia e que tenha o currículo à altura do que se propõe a fazer, tem condições de lançar o projeto no Ministério da Cultura. Existe toda uma legislação por trás desses mecanismos. Tem um sistema chamado ‘Salic Web’ [no www.cultura.gov.br] onde nós entramos, cadastramos a nossa proposta e mandamos para o Ministério da Cultura”, disse a gestora de projetos.

“Dizem que é fácil fazer o lançamento do projeto no Ministério da Cultura, mas o difícil é se o currículo atende as normativas e também se a pessoa física ou jurídica tem capacidade técnica para gerenciar. Existe um formulário on-line onde são cadastrados nossos dados e tem todas as etapas que vão desde os objetivos até o detalhe da proposta como um todo”, explicou Sônia.

Segundo ela, quem elabora não é responsável pela captação de recursos. “Eu elaboro projetos, envio ao Minc, faço o acompanhamento tanto do assessoramento da parte legal do projeto, quanto da gestão. O meu trabalho vai até aí, já que a captação fica por conta do cliente”.

O ano cultural termina em Araxá com o 4° FestNatal Araxá, que recebeu captação de recursos da Lei de Incentivo à Cultura e também da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do governo. Para a gestora de projetos, Araxá é uma cidade que pode ser beneficiada com essa lei por sua vocação turística e cultural. “O município tem perfeitas condições de estar pleiteando verba que acredito será muito bom. Se hoje por meio do Ministério da Cultura tivemos essa abertura, imagino com a Lei Estadual de Incentivo à Cultura, que, na realidade, já existe, penso que será beneficiado. A gente tem que levar a cultura a todos”, encerrou.