Destaque »

AAL comemora 53 anos e escritora Wilma Cunha recebe Comenda Literária

19 de Maio de 2018 – 0:36 |

A noite da última terça-feira, dia 15 de maio de 2018, foi de comemoração  e homenagem, para os membros da  AAL – Academia Araxaense …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Agronegócios

Safra de grãos promissora para 2013

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) divulgaram, na manhã da última quinta-feira, 6, os números esperados para a safra brasileira de grãos para o período 2012/2013. Segundo o IBGE, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas é estimada em 173,8 milhões de toneladas, 6,9% superior à safra colhida em 2012. Esse incremento se deve à recuperação e ao aumento da produção previstos para as regiões Sul (20,8%) e Nordeste (26,2%), que sofreram com problemas climáticos em 2012. A área a ser colhida deve crescer 2,5% na região Sul e 21,1% na Nordeste. A região Centro-Oeste apresenta 4,3% de expansão de área, impulsionado pelos bons preços dos produtos, notadamente de soja e milho.

 Mais otimista, o levantamento do MAPA e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam para uma safra de 180,2 milhões de toneladas, um incremento de 8,4% (ou 14 milhões de toneladas sobre a safra anterior, que foi de 166,17 milhões). O estudo aponta, ainda que a soja continua sendo o principal produto entre as culturas quanto ao crescimento de produção. A oleaginosa teve aumento de 16,24 milhões de toneladas em comparação com o período passado. O milho, primeira safra, manteve a elevação de 607.400 toneladas, enquanto o feijão teve acréscimo de 66,6 mil toneladas.

 Já a área cultivada teve elevação de cerca de 2% ou 1,05 milhão de hectares se comparado à safra anterior, atingindo 51,94 milhões de hectares. O maior crescimento neste aspecto entre as culturas foi a de soja, com alta de 8,8% ou 2,2 milhões de hectares, se comparado ao mesmo período em 2011/2012, quando foram cultivados 25,04 milhões de hectares.

 Primeira safra de grãos em Minas será 1,7% maior

 O coordenador da Assessoria Técnica da FAEMG, Pierre Vilela, lembra que, apesar dos levantamentos divulgados serem apenas estimativas, números do que será a primeira safra já são uma realidade, uma vez que ela já foi plantada. “Esses primeiros números são bons e nos levam a crer em outro ano igualmente positivo para os grãos. É claro que há muitos aspectos em jogo e que podem alterar os cenários previstos, mas, a princípio, 2013 já começa com uma primeira safra bastante promissora”, aponta.

 Segundo o IBGE, já é possível afirmar que a primeira safra de grãos, em Minas, será 1,7% maior do que a primeira de 2012 e ficará em 10,7 milhões de toneladas. Para esta próxima colheita, a área ocupada pela soja foi 7,4% maior, com previsão de 8,3% de crescimento da produção, estimada em 3,3 milhões de toneladas. Já a safra do milho deve ser 1,3% menor, mesmo com a expansão de 2,2% de área cultivada.