Destaque »

CBMM amplia área de atuação e anuncia criação do Centro de Matéria Prima para Turbinas de Avião em Araxá

14 de dezembro de 2018 – 11:13 |

A direção da empresa CBMM, realizou na noite da última terça-feira, dia 11 de dezembro, no ‘Clara Rosa Eventos’,  a tradicional reunião de confraternização com profissionais e diretores de organismos de imprensa da cidade de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

“UM CORPO QUE CAI” DE ALFRED HITCHCOCK” “COMPLETA 60 ANOS DE SUCESSO”

O grande mega-sucesso do diretor Alfred Hitchcock, “UM CORPO QUE CAI (VERTIGO), completou no último dia 27 de maio, os 60 anos do seu lançamento, no mundo cinematográfico. Sem nenhuma dúvida este “Vertigo”, é o melhor filme de toda a filmografia do grande diretor Hitchcock, e não foi a toa que esta obra-prima, no ano de 2012 foi eleita por críticos do mundo inteiro, que o elegeram como “o melhor filme de todos os tempos”, na tradicional votação da revista inglesa intitulada de “SIGHT AND SOUD”, ressaltando que esta foi a primeira vez, em 50 anos que uma produção desbancou o filme “CIDADÃO KANE”, de Orson Welles, que ocupava este lugar de destaque há muito tempo.
“UMA SINOPSE DE “UM CORPO DE CAÍ”
O seu início se dá com uma perseguição que está sendo efetuada pelo policial civil Scottie (James Stewart), junto com outros policiais a caça de alguns marginais que correm e fogem para o telhado de um prédio. Acontece que durante esta perseguição Scottie, sofre uma espécie de vertigem, junto com muitas torneiras, tudo isto em virtude desta doença que o acometera, em pleno exercício de suas funções, sendo que este medo de altura faz com que ele deixe um colega de profissão morrer. Por causa deste incidente ele é demitido da força policial. Passado algum tempo, um antigo colega de faculdade, sabendo de sua doença, o convida para que o mesmo faça um trabalho para ele, que é o vigiar todos os passos de sua esposa, da  qual ele está desconfiando uma infidelidade dela. Sendo que a partir daí que o filme se torna um emaranhado de ações, onde Scottie se apaixona por esta mulher, da qual ele julga que ela é assombração do passado (falecida), mas com o rosto e as feições de uma nova mulher, que ele acabara de ver, através de um espelho.
Filme cheio de nuances e reviravoltas, onde temos cenas incríveis onde Scottie tenta forçar uma reencarnação do seu amor perdido, ao manipular esta nova garota, agora transformando-a através de novos penteados e novos guarda roupas, sendo que UM CORPO QUE CAI (VERTIGO), no geral é um filme tão perturbador, maravilhoso, romântico, acompanhado por uma insistente trilha sonora de Bernard Hermann, que o fizeram simplesmente, como o Melhor Filme do Mundo, já realizado. Em resumo, somente assistindo este “Um corpo que Cai”, é que o leitor poderá ver e comprovar a magnitude deste espetáculo cinematográfico.

“FICHA TÉCNICA”

Título: UM CORPO QUE CAI
Título Original: VERTIGO
Ano:1958

Cia. Produtora: Paramount Pictures

Côr: Technicolor:

Produção: ALFRED HITCHCOCK

Roteiro: SAMUEL A. TAYLOR, ALEC COPEL, baseado no livro “D’entre lês Mortes” de autoria de Pierre Boilleau e Thomas Narcejac.
Fotografia de ROBERT BURKS
Música de BERNARD HERMANN

Elenco: JAMES STEWART (Scottie), KIM NOVAK (Madeleine e Judy), BARBARA BEL GEL HENRI JONES, TOM HELMORE, ELLEN CORBY, LEE PATRICK.
Filmado pelo sistema do VISTAVISION da Paramount Pictures.
Tempo de Duração: 120 minutos

INDICAÇÕES AO PRÊMIO “OSCAR”

HAL PEREIRA, HENRY BUNSTEAD, SAM COMER, FRANK R. MCKELLEY Por direção de arte GEORGE SUTTON pelo som

BERNARD HERMANNY pela trilha sonora e música.

“RELAÇÃO DOS 10 MELHORES FILMES DO MUNDO”

  • “E O VENTO LEVOU”
  • UM CORPO QUE CAI
  • RASTROS DE ÓDIOS
  • CANTANDO NA CHUVA
  • 001 UMA ODISSEIA NO ESPAÇO
  • OS BRUTOS TAMBÉM AMAM
  • CASABLANCA
  • TITANIC
  • MEU ÓDIO SERA A TUA HERANÇA.

(FIM)

Francisco José Géa