Destaque »

Fiscais da Vigilância Sanitária de 8 cidades participam de oficinas em Araxá

21 de maio de 2019 – 16:42 |

Os profissionais que trabalham com fiscalização no setor de Vigilância Sanitária na Microrregião do Planalto de Araxá se reuniram no último final dee smeana.  Nos encontros as equipes participaram de oficinas onde …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

Para quem se mexe, existe sempre um lugar à mesa

Existe um grande problema que precisamos enfrentar e ele mora dentro de nossa cabeça.

Quando a situação do país não é boa, todo mundo começa a reclamar demais e estas pessoas acabam ficando cegas, não enxergando oportunidades ou mesmo dormindo no ponto.

 A mensagem é que muitas oportunidades aparecem justamente porque a maioria tem dificuldade em aproveitá-las pois estão ocupadas demais reclamando.

Crise serve de alerta. A grande virtude da crise é que ela provoca desconforto e como nós gostamos de conforto, vamos lutar para voltar para ele.

Pode reparar, a crise é cíclica. Ela não é linear. É igual a maré, com altos e baixos. Setores crescem, setores encolhem, alguns desaparecem e outros retomam o fôlego com inovação e arrebentam, veja o caso da Apple.

A questão é: Para quem se mexe, existe sempre um ligar à mesa. Ter objetivos, determinação e motivação na vida serve de antídoto para o pessimismo.

É igual o mundo de vendas. Não conheço vendedor que tenha feito sucesso que não praticou isso: visita, visita, visita… proposta, proposta, proposta… venda, venda, venda…

Seria muito saudável para todos, ao invés de reclamar, ver a crise como o vento. Sabendo que não para de soprar, mas muda de velocidade e lugar. Alivia quando é brisa e é capaz de detonar quando é vendaval.

Nós aprendemos com os percalços do vento, não é? Não deixamos de sair de casa por causa disso e criamos estratégias para nos proteger das possíveis tempestades. A vida empresarial também é assim.

Então, o que você está esperando para levantar o traseiro da cadeira e ir a luta? Não durma no ponto. Lembre-se, o artista tem que ir até aonde o povo está.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!