Destaque »

França e Croácia decidem Copa do Mundo na Rússia

14 de julho de 2018 – 22:28 |

Após a eliminação do Brasil nas quartas de final e a derrota de Bélgica e Inglaterra nas semifinais, França entra em campo neste domingo tentando o bicampeonato mundial de futebol na Copa do Mundo, às …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

Maria Cármen Ávila Paiva

Oi, gente. Como vocês estão? Eu estou um pouco sumida, mas vou tentar aparecer mais.

Recentemente, fui com a minha família a um lugar que eu já estive algumas vezes e sempre me senti muito bem: Club Med Rio das Pedras, no estado do Rio de Janeiro. Então, a expectativa em retornar era enorme.

Antes, vale a pena contextualizar. O resort pertence a uma rede de hotéis de origem francesa (Med vem de Méditerranée), com muitas opções de locais para se hospedar em todo o mundo, tendo outros três villages no Brasil (dois na Bahia – Trancoso e Itaparica e o mais recente – o Lake Paradise – em Mogi das Cruzes, São Paulo).

Como em grande parte de resorts,  o  Club Med Rio das Pedras é familiar, oferecendo inúmeras atividades para todas as idades. Eis algumas delas: arco e flecha, esqui náutico, caiaque, hidroginástica, aulas de dança, espetáculos, boate etc.Existem recreadores (ou G.O.s – gentis organizadores) específicos para entreter cada idade, o que é ótimo, principalmente para quem viaja com filhos menores. Além disso,o hotel conta com uma estrutura muito bacana. Não vou conseguir esgotar todas as alternativas, mas tembanheira de ofurô, sauna, academia, ginásio, quadra de tênis, piscina com bastante animação, opção de piscina calma, onde não pode entrar menor de idade, específica para quem querrelaxar. Há, ainda, um espaço, o La Reserve, com ainda mais conforto e serviços exclusivos, para quem deseja gastar mais por isso.

Então, vocês podem me perguntar o que exatamente torna o Club especial para mim. Além do aspecto subjetivo, de que sinto uma energia diferente lá, posso dizer que gosto muito do ambiente que o hotel está inserido. Ele é cercado pela mata atlântica, cujo verde contrasta com o azul do céu; é cortado por um rio, tem praia privativa delimitada com rochedos que formam pequenas enseadas, e, ainda, possui uma reserva ambiental, onde foi possível mergulhar em uma piscina natural, com uma água geladíssima. Como não me sentir particularmente revigorada num cenário desses?

Gostaram? Espero que sim. Beijos e até breve, se Deus quiser.