Destaque »

Araxá vai sediar o “XXII Congresso das Associações Comerciais e Empresariais de MG

19 de julho de 2019 – 11:16 |

De 24 e 27 de outubro no Grande Hotel do Barreiro em Araxá/MG, será realizado o  “XXII Congresso das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais.  Um dos eventos mais tradicionais desta instituição, o Congresso …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

“ETERNOS ÍDOLOS DA M.P.B” “ELIS REGINA” “37 ANOS DE SAUDADE”

Francisco José Géa

“APRESENTAÇÃO”

No próximo dia 19 de janeiro, estará completando 37 anos do falecimento, daquela que foi, sem nenhuma dúvida, a maior e a melhor cantora que surgiu no país, nos últimos 100 anos.

Fatídico acontecimento ocorreu no dia 19 de janeiro de 1982, na cidade de São Paulo, deixando os seus fãs e admiradores órfãos e traumatizados com esta perda, e agora já são passados 37 anos que ficamos sem a nossa grande cantora e que agora que já passados este tempo todo, a sua ausência torna-se cada vez mais presente, isto em virtude da enorme falta de talentos da atual música popular brasileira.

 

“DADOS BIOGRÁFICOS”

ELIS REGINA DE CARVALHO COSTA, era o seu nome completo, nascida no dia 17 de março de 1945, na cidade de Porto Alegre (RS) e falecida na cidade de São Paulo (SP) no dia 19 de janeiro de 1892, com apenas 36 anos de idade.

Foi casada em 3 oportunidade e teve 3 filhos, sendo que a sua única filha, de nome MARIA RITA, herdou parte do seu talento, tornando-se posteriormente uma ótima cantora.

 

“CARREIRA ARTÍSTICA”

Iniciou ainda criança mesmo, cantando em emissoras de rádio de sua terra natal, Porto Alegre, criança mesmo com a idade de apenas 12 anos, mas com o talento que Deus lhe deu, imediatamente todas as portas do mundo artístico, abriram rapidamente para ela.

O seu primeiro disco (LP), ela gravou quando tinha a idade de 15 anos e na década de 60, já residindo na cidade do Rio de Janeiro, já fazia enorme sucesso cantando no histórico barzinho do Beco das Garrafas, que só localizava naquela cidade no bairro de Copacabana.

Elis Regina dizia, que logo no início de sua carreira ela sempre procurava imitar a cantora Ângela Maria, da qual ela era uma ardorosa fã.

Elis, reinou absoluta, por 20 anos, como a melhor cantora do Brasil, sendo que somente ela sabia cantar uma “bossa nova” gritando e sussurrar um samba canção, com a mesma destreza e talento vocal.

A beleza singular do seu timbre vocal, junto com os seus agudos impressionava a todos que a ouviam cantar, por isto e muito mais ELIS REGINA foi a melhor cantora do Brasil, de todos os tempos.

A sua consagração nacional aconteceu durante a 1º Festival da Música Popular Brasileira, promovido pela TV RECORD de S.Paulo, quando ela interpretou a música “ARRASTÃO”, que foi uma composição de Vinicius de Moraes e Edu Lobo.

Também foi na TV RECORD, entre os anos de 1965/1967, ela participou de um programa musical, que entrou para a história de nossa TV, que se intitulava de O FINO DA BOSSA, que junto com o cantor JAIR RODRIGUES, encantou uma geração inteira de fãs.

 

“PARCERIAS MUSICAIS”

Além de JAIR RODRIGUES, ela gravou e cantou com muita gente boa, como:

TOM JOBIM, TIM MAIA, GILBERTO GIL, ZIMBO TRIO, VINICIUS DE MORAES e até com o ex-craque PELÉ.

 

“NO CINEMA”

Existem 2 ótimos filmes a seu respeito, um deles é um documentário, dirigido justamente por um dos seus filhos, JOÃO MARCELO BOSCOLI, e este filme documentário leva o título de “A GRANDE INTERPRETE: ELIS REGINA”, trata-se de um filme do ano de 2.011.

O outro filme, trata-se de uma caprichada produção do cinema nacional do ano de 2.016, e que se chama apenas “ELIS”, é um ótimo filme com a direção de “HUGO PRATA” tendo como interprete a ótima atriz global ANDREA HORTA, que impressiona a todos pela semelhança física com a grande Elis Regina. Inclusive este filme biográfico foi premiado em vários festivais de cinema, que aconteceram em todo o pais, naquele ano de 2.016, tais como os Festival de Cinema de Gramado (RS), Tiradentes (MG) e Brasília (DF). Trata-se um filme muito bem realizado e que merece ser visto e conhecido, principalmente para foi e é fã de Elis Regina.

 

“AS MELHORES, MAIS BONITAS E INESQUECÍVEIS MÚSICAS DE ELIS REGINA”

  • ARRASTÃO
  • AGUAS DE MARÇO
  • ATRAS DA PORTA
  • BALA COM BALA
  • LADEIRA DA PREGUIÇA
  • UPA NEGRINHO
  • O BÊBADO E A EQUILIBRISTA
  • É COM ESTE QUE EU VO
  • ROMARIA
  • O MESTRE SALA DOS MARES
  • SAVEIROS
  • IRENE
  • O MORRO NÃO TEM VEZ
  • FEIO NÃO É BONITO
  • CHEGANÇA
  • A SORRIR
  • ALÔ ALÔ MARCIANO
  • COMO NOSSOS PAIS
  • O CANTO DE OSSANHA
  • ME DEIXAS LOUCA
  • ESSA MULHER
  • MENINO DO RIO
  • BASTA DE CLAMARES INOCÊNCIA
  • EU HEIN ROSA
  • LUNIK 9 e centenas de outras músicas, que definitivamente entraram para a história da Música Popular Brasileira.

(FIM)

Francisco José Géa