Destaque »

Araxá realiza 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

14 de novembro de 2018 – 17:47 |

Foi realizada na última terça-feira, dia 13 de novembro, na Pousada Dona Beja, a  10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araxá. O evento reuniu representantes de entidades e …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

Coluna Cartas Para Maria

Coluna Cartas Para Maria

Oi Maria! Bom dia.

Não sei se você está  recebendo minhas “missivas” com regularidade. Caso contrário é “mea culpa”! O JORNAL INTERAÇÃO é  primoroso, nesse momento releio manchetes antigas! Mês de Setembro, deixaram a “ espetacularidade”, estão no presente!

Veja — O Sonho de Ícaro, Open Araxá de Voô Livre, Campeonato Brasileiro de Parapente! Em cada canto uma pista de decolagem para vários esportes. Araxá não deixa para depois, cidade engajada na atualidade, vibrante! Coisas emais coisas acontecendo, araxaenses abandonando as caixas, brilhando no palco diferenciado, inciativas aplaudidas. É hora da juventude florecer, né  Maria ?!  Depois vou comentar. Agora, se  aproximando – Semana da Asa de 23 a 30 de iutubro comemorando de Alberto Santos Dumont, o Pai da Aviação a nossos Aviadores araxaenses, são muitos, digo Parabéns, homens voadores, vocês não são qualquer um/1 Um avião acaba de zunir engolindo o ar, seu combustível essencial, ignorando minha presença, some no horizonte, sem ouvir minhas palmas! Continuo a bater! Neste mês  comemoramos a Ética Profissional, sem esquecer notável Escritor Oswaldo França Júnior, já falecido, releio o seu atualíssimo, mini conto:

“ Duzentos Acertos”. Publicado no ‘Correio de Araxá’ em 19.10.1989.

Mês de Outubro

Lembrando ‘Duzentos Acertos.

“Ultimamente ando muito ocupado. Venho treinando os duzentos acertos. São necessários duzentos acertos para eu estar apto a defender a minha pátria. Há vários dias venho treinando sem parar. Hoje alcancei a marca de três acertos em três disparos. Quando alcançar duzentos acertos em duzentos disparos, irei para a porta da minha casa e ficarei sentado, vendo as pessoas na rua. Atrás de mim estará o parapeito de onde treino; à minha frente as pessoas passando pela rua. Aí então, me sentirei satisfeito e descansado, pois estrarei apto a defender minha pátria.”

Os “duzentos acertos” profissionais de vida de cada um. A ética do existir para o humano, para o telúrico, para o cósmico sem peias, sem times, sem cor, sem partidos. Sendo só e unicamente –

“ Homem grande”  – No dizer do Cacique Seathl – 1855 – certo, obsessivo, apaixonado pela própria perfeição,apto à defender a pátria contra

os sem – horário

os sem – palavra

os sem – informação

os sem – consciência

os sem – humanismo

os sem – patriotismo

os sem – futuro

“ Duzentos acertos, em duzentos disparos”

Será o fim da corrupção, que engana tão pouco, quando o seu “lesar” gira em torno, apenas, da violentação financeira!

É preciso treinar os “duzentos acertos”, afinal a ética-profissional, anda,  ultimamente, ocupado muito pouco, os vários segmentos da sociedade”.

Olha Maria, gostei de ver seu cantinho ao lado de sua irmã, os amigos do Prédio são a sua família, notei até a festa do cãozinho ao seu lado.

Abraços, voltarei  qualquer dia.

Cecília Beatriz Porfírio Pereira Rosa