Destaque »

Francelino Cardoso Júnior: Levando a vida contando boas histórias

21 de setembro de 2018 – 16:59 |

No final da semana que passou ( sexta-feira, dia 14 de setembro),  os pequenos alunos da Escola Municipal Alice Moura de Araxá, foram presenteadas com a visita do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

AS FESTAS JUNINAS E SUAS INESQUECÍVEIS MÚSICAS

Por Francisco José Géa

APRESENTAÇÃO

Um dos meses do ano, mais alegres e fetivos, é o mês de junho, que é um tempo que faz muito frio, e é quando o brasileiro comemora os seus santos de devoação, tudo isto com muitas festas, danças, comidas típicas, barraquinhas, fogueira, fogos e etc. Havendo de salientar que as festas juninas são comeorações tradicionais em todo o Brasil, de norte ao sul do país. A igreja católica sempre comemora estas e também as escolas comemoram, onde  dinâmicas diretoras e professores, mantendo a tradição, realizam para os seus alunos as danças das quadrilhas juninas junto com tudo que existe numa completa festa junina.

OS SANTOS DO MÊS DE JUNHO

O primeiro deles, comemorado, neste alegre, divertido e festivo mês, é Santo Antônio, que tem sua festa comemorada no dia 13 de junho, sendo que ele é considerado como o santo casamenteiro, é o santo dos casais, também neste dia é comemorado o dia dos namorados. No dia 24 de junho comemora-se o dia de São João, sendo que por tradição neste dia há a queima de uma portentosa fogueira, que é para comemorar São João.  São Pedro, tem a sua festa no dia 29 de junho, onde também há a queima de uma fogueira em sua homenagem, havendo a resalva, que a fogueira em homenagem a São Pedro esta fogueira tem que ser colocada o madeirame em um formato triangular. Assim diz a tradição, conforme nos relatam as pessoas mais velhas.

AS MAIS BONITAS E TRADICIONAIS MÚSICAS JUNINAS

Festa sem música não tem nenhuma graça e nem parece que é festa, sendo que em um passado recente, houve um tempo que havia uma produção musical alusiva a estas festas juninas, sendo que estas músicas, eram amplamente divulgadas, pelas emissoras de rádio, coisas que hoje já não mais acontece, e entre as músicas mais executadas, ouvidas e conhecidas por todos, eram as seguintes:

Dia dos namorados de 1951, cantada por Black-Out, Noites de Junho de 1939, cantada por Dalva de Oliveira,  Chegou a Hora da Fogueira, de 1933, cantada por Carmem Miranda e Mário Reis, Isto é lá com Santo Antônio, de 1934, cantada por Carmém Mirada e Mário Reis, Olha pro Céu, de  1951 cantada por Luiz Gonzaga, Pedro, Antônio e João, de 1939, cantada por Dalva de Oliveira,Cai cai balão de 1936, cantada porAurora Miranda e Francisco Alves, Pula a fogueira de 1936 cantada por Francisco Alves, entretanto no ano de 1982, mesmo tendo passado tantos anos, algumas décadas depois, eis que a cantora Gal Costa, lançou uma ótima canção popular, alusiva as festas juninas, que foi e continua um enorme sucesso, até hoje e que se intitula de Festa do Interior, uma magnífican composição de autoria de Abel Silva e Moraes Moreira, música alusiva aos festejos juninos, composta em um rítmo de frevo, que é bastante executada, principalmente nas comemorações escolares, esta música foi um dos maiores sucessos de Gal Costa.

FINAL

O mais importante é comemorar e manter viva uma das mais importantes tradições dis brasileiros, que são as festas juninas, tudo isto junto com muita canjica, pipoca, quentão e etc, ao som de muita música, sob  o ruído de bombas, foguetes e bombinhas e Viva São João, São Pedro e Santo Antônio.