Destaque »

PM registra golpes de extorsão sexual pelo Facebook em Araxá

22 de agosto de 2019 – 11:54 |

No dia 16 deagosto de 2019, por volta das 13 horas ,compareceu na sede da Polícia Militar em Araxá, um indivíduo de 31 anos relatando que na data de 13/08/2019 constatou que na sua rede …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home »

19 02 23 COMO É GOSTOSO, PESCAR NA CHALANA

O rio Araguaia, é sem dúvida o rio mais bonito deste país, e como é gostoso, usufruir de suas maravilhas, estando numa chalana por quinze dias. Desta vez estávamos na chalana do Índio. Pescador e guia naquela região, com mais de setenta anos de idade, o mestre demonstrava sua habilidade e conhecimento. Iríamos pescar as famosas pirararas, o peixe mais bonito de água doce e também, um dos monstrengos, que também é o peixe mais bonito, que chega a passar dos cem quilos de peso. Nosso objetivo seria um tanque, na saída de uma corredeira ali perto, rio a cima do lugar que estávamos. Uma viagem muito mais romântica e divertida, pois vimos capivaras que pulavam na água ao nos perceber, lontras, ariranhas e até as tartarugas que estavam na praia para desovarem. Por estarmos na chalana, não tínhamos lugar fixo, mudávamos de acordo com a opinião do experiente Índio. Fomos aproveitando a viagem não perdendo tempo para pescarmos. Finalmente, chegamos no grande tanque; as águas desciam da cachoeira e pareciam ali descansarem, para continuarem sua viagem. Era sem dúvida, um tanque muito grande, com as águas muito quietas e mansas, sinal evidente de sua grande fundura. Uma grande mata contornava o grande rio, tendo na divisa dos dois uma linda praia. Na mata seus moradores inclusive os símios: macacos prego, aranha, preto e os barulhentos bugios ou guaribas, pareciam acomodarem para passar a noite. Pássaros e animais em algazarra pareciam despedir, com de um dia trabalhoso, pois já passava das dezenove horas, tendo o sol já se despedindo. Depois de certo tempo, o silêncio era total; a lua aparecia com toda força, clareando aquele sertão tão selvagem e bonito. Índio apoitou a chalana no centro do grande tanque, dizia o velho mestre ser ali o lugar ideal para fisgarmos as pirararas. O tempo passava e tínhamos pegado duas boas pirararas, uma de uns vinte quilos e outra monstrenga de oitenta quilos. Tendo ainda fisgado lindos piaus e cachorras, ficando pescando na área de lazer da chalana, enquanto na cozinha, Benedito já preparava o jantar. Aproveitando e admirando a entrada da lua cheia, bebericávamos e também jogávamos conversa fora rindo das gozadas piadas. Ali ficamos até mais tarde, naquela verdadeira festança, em seguida fomos descansar o lombo. Era esta nossa rotina, pescando e divertindo, assistindo a chegada de animais nas margens para saciarem a sede. Eram veados, onças e até uma linda anta chamava nossas atenções, pois chegava de mancinho, muito desconfiada e depois entrava no rio e nadava uma boa distância. Foram dias maravilhosos, aquelas verdadeiras férias e o mais importante é…
COMO É GOSTOSO, PESCAR NA CHALANA
Francelinocardosojr@hotmail.com